MANUAIS DO PROPRIETARIO

KIA Cee'd: Cuidados a ter com o exterior - Cuidados a ter com o visual - Manutenção - KIA Cee'd - Manual de InstrucoesKIA Cee'd: Cuidados a ter com o exterior

Precauções a ter com o exterior em geral

Siga sempre as instruções dos rótulos dos produtos químicos de limpeza ou polimento utilizados. Leia todos os avisos e chamadas de atenção do rótulo.

Manutenção do acabamento

Lavagem

Para ajudar a proteger o acabamento do veículo da ferrugem e da deterioração, lave-o bem e com frequência (pelo menos uma vez por mês) com água morna ou fria.

Se utilizar o veículo num percurso todoo- terreno, lave-o após cada viagem.

Preste especial atenção à remoção de sal, sujidade, lama ou outras matérias estranhas acumuladas. Mantenha sempre os orifícios de escoamento da parte inferior das portas limpos e desentupidos.

Se não forem removidos imediatamente, os insectos, o alcatrão, a seiva das árvores, os dejectos das aves, a poluição industrial e outros depósitos semelhantes podem danificar o acabamento do veículo.

A lavagem imediata com água poderá não ser suficiente para remover completamente esses depósitos.

Utilize um sabão não-agressivo indicado para superfícies pintadas.

Após a lavagem, passe o veículo por água abundante morna ou fria. Não deixe o sabão secar no acabamento.

CUIDADO

AVISO - Travões molhados

Depois de lavar o veículo, experimente os travões a baixa velocidade para verificar se foram afectados pela água. Se a eficácia dos travões for inferior à normal, seque os travões aplicando-os ligeiramente a baixa velocidade.

Lavagem de alta pressão

Quando usar o sistema de lavagem de alta pressão para limpar o exterior do seu veículo, não se esqueça de que pode danificar o seu carro se não tomar as devidas precauções.

Lavagem de alta pressão

CUIDADO

Tratamento com cera

Aplique cera no veículo sem vestígios de água na pintura.

Lave e seque sempre o veículo antes de aplicar a cera. Utilize uma cera líquida ou em pasta de boa qualidade e siga as instruções do fabricante. Aplique cera em todo o acabamento metálico para protegê-lo e manter-lhe o brilho.

A remoção de óleo, alcatrão e materiais semelhantes com um tira-manchas tira também a cera do acabamento. Volte a aplicar cera nesses pontos, mesmo que o resto do veículo não necessite.

CUIDADO

Reparação de danos no acabamento

Repare imediatamente os riscos profundos ou picadas de gravilha na pintura do veículo. O metal exposto enferruja rapidamente, o que pode tornar a reparação mais cara.

NOTA

Se o veículo apresentar danos e precisar de reparação ou substituição de partes metálicas, certifique-se de que a oficina aplica materiais anticorrosão nas partes reparadas ou substituídas.

Manutenção de metal brilhante

Manutenção da parte inferior da carroçaria

Os materiais corrosivos utilizados na remoção de gelo, neve e poeira podem acumular-se na parte inferior da carroçaria. Se não remover estes materiais, pode dar-se a corrosão acelerada de componentes com os tubos do combustível, o quadro, a chapa do piso do veículo e o sistema de escape, mesmo que tenham sido tratados contra a ferrugem.

Lave bem a parte inferior da carroçaria e as aberturas das rodas do veículo com água morna ou fria uma vez por mês, depois de percursos todo-o-terreno e no fim do Inverno. Preste especial atenção a esta área do veículo, pois é difícil ver toda a lama e sujidade. Fará mais mal do que bem molhar simplesmente a sujidade vinda da estrada sem a remover. A parte inferior das portas, as embaladeiras e os elementos do quadro têm orifícios de escoamento que é necessário desentupir, já que a acumulação de água nestes pontos pode originar o aparecimento de ferrugem.

AVISO

Depois de lavar o veículo, experimente os travões a baixa velocidade para verificar se foram afectados pela água. Se a eficácia dos travões for inferior à normal, seque os travões aplicando-os ligeiramente a baixa velocidade.

Manutenção das jantes de alumínio

As jantes de alumínio estão revestidas por uma camada transparente de proteção.

Protecção anticorrosão

Proteger o veículo da corrosão

Ao utilizarmos os mais avançados métodos de design e construção para combater a corrosão, conseguimos produzir automóveis da mais alta qualidade. No entanto, isso não basta.

Para obter a duradoura resistência anticorrosão do veículo, é necessária a colaboração e a ajuda do proprietário.

Causas habituais da corrosão

As causas mais habituais da corrosão de um veículo são:

Zonas de alto risco de corrosão

Se vive numa zona em que o seu veículo é regularmente exposto a materiais corrosivos, a protecção anticorrosão é extremamente importante. Algumas das causas habituais da corrosão acelerada são as estradas com sal, os produtos químicos de remoção de poeira, o ar marítimo e a poluição industrial.

A humidade alimenta a corrosão

A humidade cria condições propícias para o surgimento da corrosão. Por exemplo, a corrosão é acelerada por altos níveis de humidade, em especial com temperaturas pouco acima do ponto de congelação. Nestas condições, a humidade de difícil evaporação mantém o material corrosivo em contacto com as superfícies do automóvel.

A lama é particularmente corrosiva, pois seca lentamente e mantém a humidade em contacto com o veículo. Embora aparentemente seca, a lama pode continuar a manter a humidade e a favorecer a corrosão.

As altas temperaturas podem também acelerar a corrosão de partes do veículo deficientemente ventiladas, o que impede a dispersão da humidade. Por todas estas razões, importa manter o veículo limpo e livre de lama ou acumulações de outros materiais. Isto aplica-se tanto às superfícies visíveis como à parte inferior do automóvel.

Para ajudar a prevenir a corrosão

Para ajudar a prevenir o início do processo de corrosão, faça o seguinte:

Mantenha o veículo limpo

A melhor maneira de prevenir a corrosão é manter o automóvel limpo e sem materiais corrosivos. Importa prestar atenção à parte inferior lateral do veículo.

Mantenha a garagem seca

Não estacione o veículo numa garagem húmida e mal ventilada. Este ambiente é propício à corrosão, em especial se lavar o automóvel na garagem ou o deixar nela ainda molhado ou coberto de neve, gelo ou lama. Mesmo que seja aquecida, uma garagem pode contribuir para o aparecimento da corrosão se for mal ventilada e impedir a dispersão da humidade.

Mantenha a pintura e o acabamento do veículo em bom estado Os riscos ou picadas no acabamento devem ser tapados com tinta de "retoque" logo que possível, de modo a reduzir a possibilidade de corrosão. Se houver metal em branco à vista, recomenda-se a ida a uma oficina especializada em carroçarias e pintura.

Dejectos de aves: Os dejectos de aves são altamente corrosivos, podendo danificar a pintura em apenas algumas horas. Remova sempre estes dejectos logo que possível.

Não se esqueça do interior

A humidade pode acumular-se sob os tapetes do piso, originando a corrosão.

Inspeccione periodicamente o piso sob os tapetes para se certificar de que estão secos. Redobre os cuidados de prevenção se transportar fertilizantes, materiais de limpeza ou químicos no automóvel.

Estes materiais devem ser transportados apenas em recipientes próprios. Em caso de derrame ou fuga de algum deles, limpe e lave o veículo com água limpa e seque-o bem em seguida.

Veja também:

Citroen C-Elysee. Substituição de um limpa-para-brisas
Sistema que gere a duração da utilização de certas funções para preservar uma carga suficiente da bateria. Depois da paragem do motor, ainda pode utiliz ...

Skoda Octavia. Configurações no Infotainment
No Infotainment no menu tocar na superfície de contacto → Assistência à condução. Lane Assist - configuração do assistente de advertênc ...

Modelos